sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Figurante

Sinto-me como uma das personagens de Pedro Costa: imóvel, a fitar o horizonte, ali, sem saber bem porquê, mas ali, perdido, um peão no meio da engrenagem social, em ruptura com o que me rodeia.

2 comentários:

Funções positivas